Voltar

Tênis com tecnologia de LED invadem o Gira Calçados

Dos cerca de seis mil produtos expostos na feira, os mais vistosos são os tênis com luzes de LED, mas as botas e bolsas também agradam

21/02/2017
LED | Foto: Val da Costa
LED | Foto: Val da Costa

Por Valdívia Costa

Pesquisar produtos durante o Gira Calçados sempre é uma tarefa minuciosa. Primeiro, devido à quantidade de peças, espalhadas pelos 156 estandes este ano. Segundo, porque tem que ser uma linha de produtos vendáveis, o que dificulta a escolha do comprador. Mas produtos com tecnologias agregadas têm chamado a atenção na 6ª edição do evento, que encerra nesta terça-feira (21), no Hotel Garden Resort, em Campina Grande. Os tênis com as luzes de LED, as botas e as bolsas são bem procuradas.

O expositor Luciano José da Silva, que oferta diversos produtos, entre eles a marca nacional Ortopé, espera vender muito os tênis com LED, que tanto atrai os visitantes do Gira Calçados. Para o comprador, levar produtos que chamam a atenção é fundamental para se ter boas vendas. Mas em outros estandes, calçados parecidos, com a mesma tecnologia, são também vendidos em grandes quantidades, devido à tendência.

As texturas e cores mais evidentes na exposição dos produtos são os sintéticos prateado e o dourado. Segundo os expositores, as fábricas do Nordeste investem nestes modelos desde o ano passado, porque a tendência ainda está em alta e pode durar mais um ano. Já o estande da Gogowear está vendendo botas que são fabricadas pelas indústrias de São Paulo. Os novos modelos, uma linha feminina cor de vinho, está chamando a atenção.

Nos dois primeiros dias do evento, as vendas renderam mais de R$ 6 milhões. A meta é chegar em R$ 10 milhões. Conforme a gestora do projeto de Calçados do Sebrae Paraíba, Éricka Vasconcelos, pode ser que esta edição ultrapasse a meta. “Ainda dá para fazer negócios até a última hora de encerramento da Rodada de Negócios, por isso estamos torcendo que seja o mais rentável possível para as indústrias”, falou.

A quantidade de oferta dobrada pode ter sido um motivador para as boas vendas, segundo Éricka. O 1º Gira Calçados teve apenas 35 expositores, mas rendeu as primeiras vendas milionárias. Já no ano passado, 70 expositores elevaram os negócios para R$ 8 milhões. Este ano, a capacidade de oferta de produtos foi mais que dobrada, com 156 expositores, o que faz crescer também os ânimos dos expositores.

A realização do evento é do Sebrae em Campina Grande e do Sindicato das Indústrias de Calçados da Paraíba (Sindicalçados/PB). Os parceiros são a Fiep, o Instituto Senai de Tecnologia (IST) do Couro e do Calçado e Companhia de Desenvolvimento do Estado da Paraíba (CINEP).

Produção – Outras atividades ocupam o Garden Hotel Resort, como as capacitações na unidade móvel do Senai. O evento terá cerca de mil visitantes nos três dias e as negociações estão ocorrendo com velocidade. Boa parte do que está exposto vem das fábricas de calçados paraibanas, que compõem um polo forte. A Paraíba produz atualmente 200 milhões de pares de calçados/ano, em 361 empresas, que geram 12 mil empregos diretos e cerca de 10 mil indiretos, conforme o Relatório Setorial da Indústria de Calçados Brasil 2016, da Associação Brasileira de Indústrias de Calçados (Abicalçados).

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone