Voltar

6º Gira Calçados expõe quase 500 marcas nacionais

Somente no primeiro dia do evento, cerca de R$ 3 milhões foram negociados entre os 156 expositores e os mais de 600 compradores de todo o Brasil

20/02/2017
Abertura 2017 | Foto: Val da Costa
Abertura 2017 | Foto: Val da Costa

Por Valdívia Costa

Cerca de R$ 3 milhões foram negociados entre os 156 expositores e os mais de 600 compradores de todo o Brasil que estão presentes no 6º Gira Calçados desde o domingo (19). É o maior evento do setor calçadista do Nordeste, que  termina na terça-feira (21). Com essa alavancada, os organizadores do evento esperam vender acima da meta de R$ 10 milhões, estipulada antes da realização.

Durante a abertura oficial do evento, nesta segunda-feira (20), o diretor administrativo e financeiro do Sebrae Paraíba, Neto Franca, fez um comparativo entre as edições para mostrar a evolução. “Basta lembrar que o 1º evento teve apenas 35 expositores. No ano passado, passamos dos 70 e este ano dobramos a capacidade de oferta de produtos, com 156 expositores. Com a construção do primeiro polo da moda, que será no Complexo Aluízio Campos, Campina Grande ainda aumentará o Gira Calçados”, disse.

O diretor sugeriu que a classe empresarial da cidade se unisse para a construção de um centro de convenções maior, que comporte o crescimento natural do evento. Segundo ele, cerca de 30 fabricantes não puderam entrar nesta edição. “Mesmo com essa pequena contenção, o Gira Calçados está enorme e agradecemos à parceria com o Garden Hotel Resort, que nos cedeu o espaço para a realização do evento”, falou.

A diretora regional do Senai Paraíba, Patrícia Gonçalves, ofereceu os serviços do Instituto Senai de Tecnologia (IST), que está na unidade móvel, no estacionamento do Garden, atendendo às indústrias. O presidente do Sindicato das Indústrias do Calçados da Paraíba (Sindicalçados), Sebastião Acioly, ressaltou o sucesso do evento, que conseguiu se consolidar com a ajuda de todos os fabricantes locais e nordestinos.

O secretário de Desenvolvimento Econômico do município, Luiz Alberto Leite, ressaltou a pujança do Gira Calçados e disse que, esta edição, é o início de uma curva ascendente do crescimento do evento. Ele o prefeito da cidade, Romero Rodrigues, apresentaram o projeto Polo da Moda Campina Grande, a ser construído no Complexo Aluízio Campos até o final de 2018.

A realização do evento é do Sebrae em Campina Grande e do Sindicato das Indústrias de Calçados da Paraíba (Sindicalçados/PB). Os parceiros são a Fiep, o Instituto Senai de Tecnologia (IST) do Couro e do Calçado e Companhia de Desenvolvimento do Estado da Paraíba (CINEP).

Atrativos – Mais de seis mil produtos estarão expostos no Gira Calçados 2017, além de outras atividades que ocupam o Garden Hotel Resort. O evento terá cerca de mil visitantes nos três dias e movimentará mais de R$ 10 milhões em vendas e negócios. Para a gestora do projeto de Calçados do Sebrae Paraíba, Éricka Vasconcelos, as negociações estão ocorrendo com velocidade. As cinco primeiras edições do evento foram sediadas na Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (Fiep) e as rodadas geraram cerca de R$ 8 milhões em vendas diretas. A Paraíba produz atualmente 200 milhões de pares de calçados/ano, em 361 empresas, que geram 12 mil empregos diretos e cerca de 10 mil indiretos, conforme o Relatório Setorial da Indústria de Calçados Brasil 2016, da Associação Brasileira de Indústrias de Calçados (Abicalçados).

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone